Ministério da Cultura e BB Seguros

apresentam

lorem ipsum dolor sit
lorem ipsum dolor sit
lorem ipsum dolor sit
lorem ipsum dolor sit
lorem ipsum dolor sit
ACOMPANHE NOSSAS REDES

o espetáculo

Após um hiato de quase 20 anos, o 5 X Comédia, uma das grandes sensações do teatro brasileiro da década de 90 – concebido por Sylvia Gardenberg, produzido pela Dueto e visto por mais de 450 mil espectadores –, voltou repaginado a partir de 2016 com temporadas de sucesso no Rio de Janeiro, Brasília, Belém, Curitiba, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, Salvador, Ribeirão Preto, Fortaleza, Campinas, Porto Alegre, Natal e Palmas. A nova montagem, dirigida por Monique Gardenberg e Hamilton Vaz Pereira, com cinco esquetes escritos e interpretados por alguns dos mais incensados nomes do humor e da nova dramaturgia do país.

MAIS UMA VEZ CINCO
(Por Isabel De Luca)

Uma auxiliar de limpeza do teatro conta sua hilária história de vida enquanto varre o palco antes do início do espetáculo Percebendo-se ultrapassada pelas princesas contemporâneas, uma Branca de Neve à base de rivotril lê Simone de Beauvoir na tentativa de construir uma nova mulher. Vinda da França para uma palestra sobre sofisticação e elegância, uma impagável e afetada socialite dá dicas de lugares, moda, comidas e drinks para um grupo seleto de convidados. Um pai de primeira viagem recorre a medidas extremas após meses de privação de sono e precisa se explicar na delegacia. Flavio tenta estabelecer regras para uma suruba que começa a rolar durante uma festa no apartamento emprestado da mãe.

elenco










elenco

Debora Lamm

Cria de O Tablado, mais de 40 peças como atriz e diretora, onze indicações a prêmios de teatro e quatro troféus de melhor atriz, também é integrante e fundadora da Cia OmondÉ. No cinema esteve no elenco de Muita Calma Nessa Hora l e ll ,no premiado Seja o Que Deus Quiser de Murilo Sales, 1972, Um Homem Só, entre outros. Na TV atuou em novelas como Celebridade, Um Anjo Caiu do Céu, Sabor da Paixão, Geração Brasil e diversas séries como Cilada, Junto & Misturado, Avassaladoras, A Grande Família, Louco por Elas, atualmente está no ar no sucesso Zorra. Em 2017 comemora 20 anos de carreira.

Bruno Mazeo

Bruno Mazzeo é ator, humorista e roteirista. Estreou na televisão em 1991, como redator do programa “A Escolinha do Professor Raimundo”. Nos anos seguintes, escreveu para atrações da Globo, como “Sai de Baixo”, “A Diarista” e "Junto & Misturado". Como ator, divide seus trabalhos entre o cinema, a televisão e o teatro. Atuou recentemente na novela “A Regra do Jogo” e na peça “Sexo, Drogas e Rock’n'Roll”. Estrelou e escreveu ainda os longas “Muita calma nessa hora” 1 e 2 e “Cilada.com”, originado pela série Cilada, que teve seis temporadas no Multishow, além de "E ai, comeu?".

Marcelo Médici

Formado pelo teatro escola Célia Helena, fez mais de 30 espetáculos teatrais, entre eles Terça Insana, o Mistério de Irma Vap, e os musicais Sweet Charity, Rocky Horror Show e Se Meu Apartamento Falasse. Cartaz há 14 anos com a comédia solo Cada Um Com Seus Pobrema. Na TV participou das novelas Belíssima, Passione, Joia Rara entre outras, além do humorísticos A Praça é Nossa, Junto e Misturado é atualmente, Vai Que Cola.

Lucio Mauro Filho

Além de integrar o elenco de A Grande Família, um dos grandes sucessos da TV Globo, que ficou no ar de 2001 a 2014, o ator participou de diversas atrações da emissora, como Zorra Total, Sexo Frágil e Nova Escolinha do Professor Raimundo.  No teatro, participou de grandes sucessos como Lisbela e o Prisioneiro, de Guel Arraes, O Mágico de Oz, de Moeller e Botelho, além de produzir, dirigir e atuar na peça Lucio 80-30, ao lado do pai, o ator Lucio Mauro. Em 2012, recebeu o Prêmio Zilka Sallaberry de melhor diretor pelo espetáculo Uma Peça Como Eu Gosto. No cinema, esteve em filmes como O Coronel e o Lobisomem, Vai Que Dá Certo 1 e 2, Entrando numa Roubada e Elis, no papel de Miéle, que estreou em novembro de 2016.

Luis Miranda

Ator, autor e bailarino formado pela Escola de Arte Dramática da USP, atuou em mais de 20 espetáculos, esteve na tela do cinema em longas memoráveis como Bicho de Sete Cabeças, Carandiru e Quincas Berro D'Água. Na TV, fez parte do elenco de Sob Nova Direção, A Grande Família, Junto e Misturado, entre outros programas. Convidado para participar da novela Geração Brasil, atualmente integra o elenco de Mister Brau e Zorra, na Rede Globo de Televisão.

autores










autores

Julia Spadaccini

Em “Branca de Neve”, de Julia Spadaccini, a personagem vivida por Debora Lamm luta para se desapegar da vida de princesa. Duplamente indicada ao Prêmio Shell de melhor autor — pelos espetáculos “Aos domingos” e “A porta da frente” – e uma das roteiristas do seriado “Tapas & beijos”, sob a batuta de Cláudio Paiva, na TV Globo, ela estreou no cinema como colaboradora, ao lado de Marcelo Saback, no roteiro do filme “Loucas pra casar”, dirigido por Roberto Santucci. No teatro, a autora assinou a adaptação do livro “Vida sexual da mulher feia”, de Claudia Pages, em um monólogo estrelado por Otávio Müller.

Antonio Prata

Primeiro texto do escritor e roteirista Antonio Prata para o teatro, “Nana, nenê” retrata o desespero do clarinetista Rodrigo (Bruno Mazzeo), um pai enlouquecido entre escolas de mamada e de métodos para fazer o bebê dormir. Roteirista e autor contratado pela Rede Globo, onde colaborou nas novelas Bang Bang, de seu pai Mário Prata e Carlos Lombardi, além de Avenida Brasil e A Regra do Jogo, ambas de João Emanuel Carneiro, Antonio escreve aos domingos no caderno Cotidiano da Folha de S. Paulo. Em 2015 escreveu o piloto de "Os Experientes", dirigido por Kiko e Fernando Meirelles, vencedora do prêmio APCA de melhor série de televisão. Escreveu para a revista Capricho (2001 a 2008) e para o jornal O Estado de S. Paulo (2003 a 2009), e, em 2012, foi incluído na edição brasileira da revista Granta como um dos vinte melhores escritores nacionais com menos de 40 anos. Em novembro de 2013, publicou o livro de contos e crônicas Nu, de botas, pela editora Companhia das Letras.

Marcelo Médici

Formado pelo teatro escola Célia Helena, fez mais de 30 espetáculos teatrais, entre eles Terça Insana, o Mistério de Irma Vap, e os musicais Sweet Charity, Rocky Horror Show e Se Meu Apartamento Falasse. Cartaz há 14 anos com a comédia solo Cada Um Com Seus Pobrema. Na TV participou das novelas Belíssima, Passione, Joia Rara entre outras, além do humorísticos A Praça é Nossa, Junto e Misturado é atualmente, Vai Que Cola.

Gregório Duvivier

“REGRAS DE CONVIVÊNCIA”, contribuição de Gregorio Duvivier, nos leva a um ensaio frustrado de sexo grupal protagonizado por Lucio Mauro Filho: “Posso só pedir uma coisa? Gostaria que os cônjuges se mantivessem fora do campo visual do seu respectivo cônjuge. Não, Heitor, se você quiser o seu marido pode ficar no seu campo visual. Olha, eu tô falando mais especificamente da Marcia. Seria legal se a Marcia ficasse fora do meu campo visual. Pode ser, Marcia?”

Luis Miranda

“Além de grandes atuações na Tv e Cinema, Luis Miranda é consagrado autor de teatro. Especialmente para 5XComédia, recriou sua personagem Madame Sheila! Recém chegada da França para uma palestra sobre sofisticação e elegância, a impagável e afetada socialite criada e interpretada por Luis Miranda, dá dicas de lugares, moda, comidas e drinks para um grupo seleto de convidados. Avessa ao calor do Brasil, ela enaltece os prazeres de uma vida na Europa.

ficha técnica










ficha técnica

Direção:
Monique Gardenberg

Em 1982, ao lado da irmã Sylvia Gardenberg, fundou a Dueto Produções, criando e produzindo eventos culturais de grande porte e de repercussão nacional e internacional. Em 1989, Monique cursou a escola de cinema da New York University. A partir de então, desenvolveu uma forte relação com o gênero, escrevendo e dirigindo os filmes Day 67 (1989), Diário Noturno (1993), Jenipapo (1996), Benjamin (2003), Ó Pai, Ó (2007), exibidos em festivais de cinema internacionais como Sundance, Toronto e Veneza. Ainda como diretora, assinou os especiais de TV Caballero da Fina Estampa e Prenda Minha, de Caetano Veloso. E, no teatro, as peças Os Sete Afluentes do Rio Ota, de Robert Lepage (2002), Baque, de Neil Labute (2005), Um Dia, no Verão, do autor norueguês Jon Fosse (2007), Inverno da Luz Vermelha, de Adam Rapp (2010), e O Desaparecimento do Elefante (2012), adaptação dos contos de Haruki Murakami. Entre seus últimos trabalhos como diretora artística estão os projetos Nivea Viva Tom Jobim e Nivea Viva O Samba, além do circuito de shows Banco do Brasil Covers. No cinema, se prepara para dirigir A Caixa Preta, adaptação do livro homônimo de Amos Oz, em que assina o roteiro, e Ó Paí, Ó 2.

Direção:
Hamilton Vaz

Diretor, autor, ator, compositor e diretor musical, Hamilton foi o líder do Asdrúbal Trouxe o Trombone, grupo carioca que invadiu a cena com temática, personagens e modo de representar próprios da geração jovem da década de 70. Em 1995, dirigiu a primeira montagem de 5 x Comédia, espetáculo que foi sucesso de bilheteria. Em seguida, o autor e diretor retornou à interpretação livre dos clássicos, seja dos gregos, Uiva e Vocifera, 1997, ou, de William Shakespeare, Omelete, escrito por José Roberto Torero,1998. Hamilton é um artista múltiplo, assinando sempre mais de uma criação nas fichas técnicas de seus espetáculos.

Cenografia:
Daniela Thomas

Vencedora dos prêmios “Golden Triga”, da Quadrienal de Cenografia de Praga, e os prêmios SHELL, APTESP, APCA e APTR, entre outros, criou o cenário de inúmeras peças de teatro e óperas em vários países, além de exposições como Clarice Lispector - A Hora da Estrela. Assinou a cenografia e a direção de arte da elogiada cerimônia de abertura dos Jogos Olimpícos Rio 2016.

Iluminação:
Maneco Quinderê

Maneco Quinderé aliou técnica à intuição para criar projetos de luz que desde a década de 80 dominam a cena cultural do Brasil. Discípulo dos mestres Aurélio de Simoni e Luis Paulo Neném, o iluminador assina obras-primas para espetáculos, shows, balés, óperas, desfiles, exposições e parcerias com grandes arquitetos. Trabalhou com Caetano Veloso, Maria Bethânia, Chico Buarque, Milton Nascimento, Frejat, Vanessa da Mata e Sandy. Desde 2000, é o nome por trás das concepções de luz dos desfiles mais importantes das semanas de moda de São Paulo e Rio de Janeiro. Seus 30 anos dedicados à iluminação o transformaram em um dos mais conceituados profissionais em atividade no país: são quatro prêmios Shell, três Mambembe, outros três prêmios Sharp, além de dois Molière e um Menção Honrosa do governo de São Paulo por seu legado.

Figurino:
Cassio Brasil

Cenógrafo, figurinista e diretor teatral, concebeu a cenografia dos espetáculos A Coleira de Boris e Cardênio, dirigidos por Marco Antonio Rodrigues; Tecnomacumba - Show, de Rita Ribeiro, e Memórias do Subsolo, de Dostoievski, entre outros. Como figurinista, trabalhou nos espetáculos Frankensteins e Ricardo III, com direção de Jô Soares (premio Shell de Figurino); Um Número e A Caixa, dirigido por Bete Coelho; Fábula do Chef, dirigido por William Pereira; e de montagens das óperas O Barbeiro De Sevilha, Dom Pasquale, A Força Do Destino e O Guarani, entre outros. No cinema, assinou o figurino de longas-metragens como Linha De Passe, de Walter Salles e Daniela Thomas, Insolação, de Felipe Hirsch, e Falsa Loura, de Carlos Reichembach.

ingressos onde comprar

Em breve

Em breve





notícias

Giulliana Succine prestigia Bruno Mazzeo e Fabiula Nascimento em teatro no Rio

Ler matéria >
"5X Comédia" conta com grandes nomes do humor da nova geração

Ler matéria >
"5X Comédia" ganha nova montagem

[Sopa Cultural /Online - 30/08/2016 Pág: Online - Redação]

Ler matéria >
Fabíula Nascimento exibe o novo visual em coletiva de peça

[O Fuxico /Online - 07/09/2016 Pág: Online]

Ler matéria >
DEPOIS DE 20 ANOS, "5X COMÉDIA" REESTREIA NO RIO COM BRUNO MAZZEO, FABÍULA NASCIMENTO, LÚCIO MAURO FILHO, DEBORA LAMM E THALITA CARAUTA NO ELENCO

[Heloisa Tolipan /Online - 08/09/2016 Pág: Online]

Ler matéria >
"5x Comédia" volta aos palcos do Rio com Bruno Mazzeo no elenco

[O Globo /Online - 10/09/2016 Pág: Online - Extra]

Ler matéria >
5X COMÉDIA

[Aouila no Teatro /Online - 27/09/2016 Pág: Online - Marcelo Aouila]

Ler matéria >
Lúcio Mauro Filho nos conta sobre seu (peculiar!) personagem na peça “5x Comédia”

[Jornal do Brasil /Online - 22/09/2016 Pág: Online]

Ler matéria >

galeria de fotos

lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb
lorem ipsum dolor sit thumb

facebook

instagram